Topologias físicas básicas e suas características

By | 7 de junho de 2018

Olá, Estude CCNA’s

A representação de uma rede através de formas gráficas também é conhecido como topologia. Se não viu ou se quiser saber um pouco mais a respeito ou sobre os ícones das topologias, clique aqui!

Sua função é função é exibir graficamente como estão dispostos os métodos de interconexões entre os ativos de redes.

Pode ser dividido em 2 grupos, topologia física e lógicas.

Topologia Física – Refere a como os ativos de redes estão distribuídos no espaço/ambiente e como estão ligados ou cabeados. Esta disposição dos equipamentos influenciam na flexibilidade, velocidade e segurança da rede. Existem padrões existentes quanto ao como os equipamentos são interligados, existindo 7 topologias físicas básicas:

Topologia física – Retirado do livro 31 Days Before Your CCNA Routing & Switching Exam

 

Ponto-à-Ponto (Point-to-Point) – Topologia mais simples, um link permanente entre dois pontos finais. Um exemplo de rede comutada é o modelo básico de telefonia convencional.

Barramento (Bus) – Com único caminho para os dados trafegarem, normalmente por um cabo coaxial, enquanto todo os outros equipamentos ou pontos de redes são ligados no percusso deste cabo. O dados se propagam por toda extensão do cabo, e é recebidos por todos os nós da rede, cabendo aos dispositivos verificar se a transmissão é destinada e ele (aceita-lo) ou não (descartar);

Anel (Ring) – Os dispositivos são interligados em série, formando um anel (ou circuito fechado). A transmissão é unidirecional de nó em nó, com o objetivo de alcançar o destino. Os dados passam passam pelas estações ou nós através da retransmissão, até chegar ao receptor ou pela nó fonte.

Estrela (Star) – existe um ponto focal, que normalmente é um distribuidor de comunicações central (HUB ou switch), onde estão conectados e comunicam com todos os dispositivos de redes (ou nós).

Estrela Estendida (Extendend Star) – é parecido com a topologia estrela (star), mas além de possuir apenas um ponto focal (nó central), podem existir outros ou ramificações.

Malha (Mesh) – é uma evolução da topologia estrela, pois um nó possui várias conexões no mesmo nó, de tal forma que ele esteja ligado ponto-a-ponto com todos os demais nós. Também pode ser chamado de malha fechada. Nesta topologia fica viável implementar o conceito de redundância, tolerância a falhas e balanceamento de carga.

Malha Parcial (Partial Mesh) – tem o mesmo conceito da topologia malha, mas não é necessário que todos os nós estejam ligados a todos os demais nós.

 

Caso você queira saber mais algumas particularidade e vantagens/desvantagens da implantação das topologias citados a cima, dê uma olhada nos links abaixo (que foi fonte de auxilio para este post):

http://www.bosontreinamentos.com.br/redes-computadores/topologias-de-redes-curso-de-redes-de-computadores/

https://www.oficinadanet.com.br/artigo/2254/topologia_de_redes_vantagens_e_desvantagens

https://blog.starti.com.br/o-guia-basico-da-topologia-de-rede/

https://br.ccm.net/contents/258-topologia-de-redes

http://tudosobrerede.blogspot.com/2009/05/tipos-de-topologia-de-rede.html

 

Depois dá um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, por todas as mídias sociais… ;)

https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna 
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna
Abraços,

EstudeCCNA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.