Arquivo da tag: Netacad

Ensinar

Dúvidas sobre o que é NETACAD, CCNA, ICND1, ICND2

Hello, Estude CCNA’s. 

As vezes surge uma dúvida sobre algumas letrinhas que aparecem em diversos posts, internet e até vídeos no youtube mas que você fica sem coragem de perguntar.

Aqui vamos esclarecer todas elas pra você nunca mais “boiar” sobre o assunto.

Vamos a primeira questão:

  • O que é NETACAD?

Netacad nada mais é que um projeto acadêmico da CISCO para formação de estudantes e profissionais na área de tecnologia. Os cursos do ambiente NETACAD podem ser oferecidos através de uma faculdade, parceiro cisco, fundações ou abertos ao publico via internet dentro do site www.netacad.com. Caso você tenha interesse verifique a cartela de cursos ou as instituições parceiras que oferecem o curso desejado.

  • O que é CCNA?

O que significa cada letrinha do CCNA é Cisco Certified Network Associate, ou seja é uma certificação de nível Associate (Associação ou entrada). Para cada carreira de tecnologia a  Cisco oferece uma certificação CCNA diferente. Por exemplo, você quer trabalhar com roteadores e switches, existe a certificação  CCNA Routing and Switching.

  • O que é ICND1 e ICND2?

A sopa de letrinhas acima são abreviações para The Interconnecting Cisco Networking Devices Part 1  e Parte 2, ou seja, são certificações divididas em 2 partes que vai do básico (parte1) ao avançado (parte 2) de redes. Juntas elas  lhe conferem o título de CCNA R&S.

Quer saber mais sobre a prova de certificação, fizemos um post com tudo bem explicadinho corre lá:  http://estudeccna.com.br/noticias/1927

E aproveitando dá um pulo no face pra curtir esse post, estamos também no Youtube e quem sabe no Instagram.

Cisco_CCNA

CCNA – Revisão de Tópicos básicos

Olá, Estude CCNA’s.

Todos sabemos que alguns comandos para gerenciar equipamentos da cisco são básicos, mas sempre que surgir aquela dúvida que tal relembrarmos.

Sei que outros autores tem posts com as informações, porém conteúdo gratuito nunca é demais, vamos seguir o composite das provas de CCNA colocando os comandos e sua utilização prática com prompt e explicação da funcionalidade:

a) hostname –> serve para dar nome ao equipamento
router>enable
router#configure terminal
router(config)# hostname Router-EstudeCCNA
Router-EstudeCCNA(config)#

b) ip address –> serve para dar um endereço ip ao equipamento
Estude>enable
Estude#configure terminal
Estude(config)# interface X –> pode ser qualquer interface
Estude(config-if)#ip address x.x.x.x y.y.y.y –> pode ser qualquer endereço ip
Estude(config-if)# no shutdown –> comando para ativar a interface

-ipv6 address –> serve para dar um endereço ipv6 ao equipamento
Estude>enable
Estude#configure terminal
Estude(config)# interface X –> pode ser qualquer interface
Estude(config-if)#ipv6 address X:X:X:X:X:X:X:X /Y –> pode ser qualquer endereço ipv6
Estude(config-if)# no shutdown –> comando para ativar a interface

c) ip default-gateway –> serve para direcionar pacotes para destinos remotos/desconhecidos
Para roteadores:
R1(config)#ip default-gateway x.x.x.x –> pode ser qualquer endereço ip
Para switches o comando default-gateway faz com que o equipamento possa ser gerenciado de uma rede remota:
SW-CCNA(config)#ip default-gateway x.x.x.x –> pode ser qualquer endereço ip

d) local user and password –> serve para criar um usuário e senha no equipamento local não sendo necessário servidor de autenticação:
R1(config)#username Estude password ccna –> o username é o usuario a ser criado e a password é a senha que o mesmo deve utilizar para acessar o equipamento local.
Podemos implementar o user local e password para acesso remoto, console e outros.
Ex:
R1(config)#username Estude password ccna –> criamos o usuário e senha
R1(config)#line vty 0 4 –> habilitamos o terminal virtual com direito a 5 acessos (0 1 2 3 4 lembre-se o zero também conta :)
R1(config-line)#login local –> ordenamos ao equipamento que solicite um usuário e senha que já tenham sido configurados localmente.
O mesmo procedimento pode ser feito com a porta console.

e) enable secret password –> serve para proteger o modo privilegiado de acessos indevidos
Estude>enable
Estude#configure terminal
Estude(config)# enable secret cisco –> senha a ser utilizada para acessar o modo privilegiado do equipamento, terá que ser digitada conforme a configuração.
Dúvida dos iniciantes ao configurar a enable secret, onde ela aparece? Não tenha vergonha dúvida deve ser sanada ok!
O Estude CCNA responde pra você:

R1>enable
Password: –> exatamente como lhe dissemos acima, a enable secret é pedida entre o modo exec usuário e o modo privilegiado.
R1#

Ficou uma pontinha de dúvida sobre os prompts, aqui vai mais água na muringa:
> prompt user EXEC ou exec usuário
# prompt Privileged EXEC ou modo privilegiado
(config)# prompt Global configuration ou configuração global

f) console e vty logins –> gerenciamento local e remoto do equipamento
SW2(config)#line console 0 –> acessa o prompt da porta console é utilizado para gerenciamento do equipamento local
SW2(config-line)#password cisco –> o comando password habilita uma senha em especial para essa porta, também é possivel utilizar user e password locais.
SW2(config-line)#login –> esse comando força a solicitação da password configurada na console 0

SW2(config-line)#line vty 0 15 –> acessa a linha virtual remota ou seja o famoso telnet ou ssh (note que o 0 15 são opcionais, e dão possibilidade de 16 acessos simultaneos um exagero,se quiser diminua para 0 4 dando apenas 5 acessos por equipamento)
SW2(config-line)#login local –> essa configuração faz com que, ao executarmos login via telnet seja solicitado um usuário e senha local.

g) Exec-timeout –> comando exec-timeout é usado para configurar o número de minutos sem atividade do terminal antes da sessão ser automaticamente encerrada.
SW2(config-line)#line vty 0 4 –> acessa o terminal
SW2(config-line)#password cisco –> adiciona uma senha para todos os 5 acessos, é possivel criar usuários e senhas para cada um com níves diferentes mas é um outro poste ok.
SW2(config-line)#exec-timeout 2 0 –> o comando dita que se não houver atividade no equipamento dentro do período de 2 minutos e 0 segundos a conexão é fechada. O primeiro número representa os minutos e posteriormente os segundos.
Também é possível configurar para que o acesso não expire.
SW2(config-line)#line vty 0 4
SW2(config-line)#password cisco
SW2(config-line)#exec-timeout 0 0 –> o comando dita que não há motivos para expirar a conexão mesmo não havendo atividade no terminal.

h) service password encryption –> comando que oculta senhas em texto simples.
Após a configuração de senhas de console, vty, aux etc. as senhas ficam expostas dentro do arquivo de configuração e para isso o comando service password é acionado.
Configuramos a porta console como exemplo.
SW2(config)#line con 0 –> aqui o comando console está abreviado o que é muito usual
SW2(config-line)#pass cisco –> aqui o comando password foi abreviado
SW2(config-line)#login
SW2(config-line)#exit –> comando para voltar ao prompt de configuração global
Ao digitarmos o comando show running-config vamos visualizar a configuração acima e, consequentemente a senha exposta.
!
line con 0
password cisco –> note que a senha está exposta
login

Com o comando o mesmo não ocorrerá veja:
SW2(config)#line console 0
SW2(config-line)#password cisco
SW2(config-line)#login
SW2(config-line)#exit
SW2(config)#service password-encryption –> habilitamos o comando para ocultar as senhas da porta console, ou outras que possam estar expostas no equipamento.

Emitimos novamente o comando show running-config:
!
line con 0
password 7 0822455D0A16 —> a senha continua sendo a mesma configurada anteriormente, porém agora está oculta de olhares curiosos.
login

Como curiosidade: a criptografia utilizada para esconder as senhas com o comando service é a TYPE 7 um tipo de segurança considerada fraca atualmente.

i) copy running-config startup-config –> comando importante para gravar as informações de configuração no caso do equipamento reiniciar repentinamente.
Ao executar todas as configurações acima é necessário armazenar as informações em um arquivo de configuração.
Esse arquivo de configuração por sua vez chama-se startup-config ou arquivo de inicialização traduzindo para nosso bom idioma.
R1#copy running-config startup-config –> o comando diz ao equipamento: “R1 copie tudo que estiver executando nesse momento em todo o roteador (RUNNING-CONFIG), e guarde no arquivo STARTUP-CONFIG e ficaremos protegidos de acidentes.

Mais dicas de comandos:
SW2(config)#line con 0
SW2(config-line)#logging synchronous –> esse comando evita que mensagens de logs atrapalhem sua digitação
SW2(config)#no logging console –> Ele desativa o envio de logs para a console

E ai já foi dar um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, estamos por todas as mídias sociais… ;)
https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna

Abraços,
Fabiana Claro – EstudeCCNA
Cisco_CCNA

CCNA – Dúvida como montar um plano de estudos

Hello, Estude CCNA’s.

Em resposta a uma dúvida que é bastante frequente entre os estudantes de TI ou outros: “como montar um plano de estudos”.
Sabemos que existe diversos posts por aí com várias respostas, e porque não darmos a nossa contribuição ao mundo da informação hein!
Em relação ao plano de estudos o ideal é separar os tópicos de acordo com os requisitos da prova.

Aqui vai os links do composite (itens da prova) para separar.
http://estudeccna.com.br/noticias/certificacao/ccna/ccna-certificacao-tempo-de-prova-e-numero-de-questoes

– Para facilitar os estudos crie mapas mentais assim suas anotações ficam mais frescas na sua memória : http://estudeccna.com.br/tudo/ccna-dica-de-estudos
Nós temos um grupo que iniciamos recentemente na criação de mapas mentais básicos, fica um convite a todos.
Outra dica é usar um calendário para acompanhar os dias de estudo e programar os assuntos a serem abordados naquela data. Com o uso de um calendário a frequência de estudos é maior e melhor monitorada pelo candidato.
Quanto ao tempo de estudo, você pode iniciar em 30 minutos para os tópicos que julgar de fácil entendimento, e aumentar o tempo de acordo com a sua dificuldade.
Faça uma pausa de dez a quinze minutos se o tempo de estudos for maior. O importante aqui é a frequência (continuidade) e a qualidade dos materiais escolhidos.

Separe os materiais com antecedência ao tempo de estudos, assim você não consome o timer de estudos pesquisando na internet e sofrer a tentação de dar uma olhadinha na “net”.

A maioria dos candidatos compra a prova antes de iniciar os estudos como método de comprometimento, mas não é uma regra ok, é possível sim estudar primeiro e comprar a prova posteriormente.
Efetue a compra da prova quando realmente estiver em condições financeiras para tal, não há regras ou melhores práticas para a compra da prova. Lembre-se apenas que o valor da prova é em dollar.

Instale em seu computador aplicativos como o Packet Tracer ou GNS3 para auxilia-lo na prática.

Caso fique alguma dúvida sobre como executar algum comando é possível recorrer ao youtube e consultar algum vídeo explicativo.
Temos um canal com playlists separados por assuntos, não se preocupe que o canal é grátis e não queremos sua alma em troca (risos).
https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos

Depois dá um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, estamos por todas as mídias sociais… ;)
https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna

Abraços,
Fabiana Claro – EstudeCCNA
resumo

Resumo – Como fazer bom uso dessa ferramenta para certificações

Olá, Estude CCNA’s

Hoje vamos falar de um assunto muito conhecido de todos os estudantes o resumo, sejam eles para vestibulares, provas de certificação, ou qualquer outra coisa que você queira manter em sua memória.

O resumo é importante para ajudar a fixar os detalhes ou informações que você tem dificuldade em manter em sua memória de longo prazo.

Vale lembrar a vocês estudantes que RESUMO não é copiar o conteúdo completo mas retirar do assunto estudado pontos que você considera importante.

Aqui vão 4 dicas baseadas no estudo do protocolo de roteamento dinâmico OSPF  para te ajudar na certificação queridinha CCNA R&S e também mostrar de forma prática como realizar um bom resumo.

Dica 1

  • Retire do texto pontos que podem se transformar em perguntas,ou seja nessa dica você pode retirar do texto abordado uma explicação detalhada sobre um determinado assunto e quando aparecer uma pergunta sobre o mesmo, você saberá de cor a resposta. Exemplo de pergunta : Qual a distancia administrativa do protocolo dinâmico OSPF? Resposta: Distancia administrativa de 110.

Dica 2

  • No texto procure elencar por  tópicos as informações que aparecem com mais frequência, com isso você diminui o tempo repassando a mesma informação várias e várias vezes num mesmo conteúdo. Exemplo de tópicos:

OSPF – distancia administrativa 110

OSPF – algoritmo SPF

OSPF – Classless (suporta VLSM)

OSPF – Protocolo de Roteamento dinamico

OSPF – Aceita autenticação em MD5

Dica 3

  • Leia o conteúdo escolhido com calma, a cada paragrafo faça perguntas com o assunto que acabou de ler, isso facilita a extração de um resumo de um ou até mais parágrafos de um texto longo. Claro que você se perguntou se a dica não é muito trabalhosa, porém estamos falando de um resumo do assunto abordado e é claro que você não quer deixar de fora nenhum item importante, mas também não quer reler o texto todo, toda vez que surgir uma duvida, sendo que preparou um resumo para facilitar sua vida não é verdade?☺Então para responder seu pensamento, lhe digo que ao fazer um resumo é importante estudar o texto escolhido mais de uma vez, ler cada paragrafo com detalhes e extrair o que facilita sua busca e até mesmo memorização sobre o assunto.

Dica 4

  • Como estamos falando de resumo para conteúdos de TI, vale a pena separar um tempo para praticar itens técnicos do seu resumo como laboratórios, comandos etc.Em provas de certificação de TI como CCNA da CISCO ou outras, sempre caem perguntas que exigem do candidato um contato com o equipamento, sistema, ou seja lá o que for pedido na prova. No resumo é possível colocar anotações de comandos e para que servem, com isso é bom preparar um ambiente de testes e colocar no resumo o resultado do que foi treinado assim ao ler o resumo você identificará de maneira mais clara o seu desempenho do conteúdo estudado.A pratica leva a perfeição, não tenha preguiça de rever o seu resumo/anotações para relembrar algo, adicionar testes que deram certo, links de conteúdos a serem vistos como por exemplo nosso blog ( lá vem o joinha e 0 compartilhamento maroto, não é verdade?, merecemos :P.As vezes bate aquele BRANCO e não sabemos qual comando usar para verificar uma interface que tenha OSPF habilitado de uma maneira mais rápida, para isso recorremos ao nosso resumão, feito com nossas próprias mãos e amor e lá está:

Comandos OSPF Resumo ESTUDECCNA

show ip ospf interface – comando que exibe todas interfaces que possuem OSPF habilitado de maneira completa

show ip ospf interface brief – comando que exibe  um resumo e um status das interfaces OSPF habilitadas de maneira rápida,

Outros comandos importantes:

show ip protocols – comando que exibe qual protocolo de roteamento dinâmico seu roteador possui.

show ip ospf – O comando é usado para exibir informações do ID do processo OSPF e do ID do roteador, assim como o SPF e a área do OSPF.

show ip route ospf – O comando exibe as rotas aprendidas pelo protocolo OSPF facilitando assim a verificação do funcionamento da recepção e aprendizado das rotas pelo roteador.

Depois dá um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, estamos por todas as mídias sociais… ;)

https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna
Abraços,

Fabiana Claro – EstudeCCNA
rtr

CCNA – Dica de leitura VLAN 802.1q

Olá,

Como todos vocês estão em fase de estudos para a certificação, trago um material alternativo de leitura para um dos temas cobrado pelo exame.

Vamos ler um material sobre VLAN 802.1q, e entender um pouco mais o que é VLAN.

Quando estudamos pelos materiais da CISCO, NETACAD, muitas vezes achamos o material extenso e cansativo, para sairmos um pouco desse ambiente, segue o link de um texto da revista RTI on-line que de forma simples aborda o assunto de VLAN e  protocolo 802.1q.

http://www.arandanet.com.br/midiaonline/rti/2012/fevereiro/index.html

 

At.

Fabiana Claro

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’ccna ‘]

 

 

 

 

netriders

Participe do Cisco Netriders 2011

Cisco Netriders 2011 – Uma competição que pode te levar a San Jose com tudo pago!

Isso mesmo, o vencedor da competição brasileira vai ganhar inteiramente grátis uma viagem de estudos para o escritório central da Cisco em San José Califórnia com todas as despesas pagas… e o vencedor pode ser você!

Os alunos que estão aptos a participar devem estar regulamente matriculados no curso CCNA Exploration ou ter concluído o curso CCNA nos últimos 9 meses.

Não perca – as inscrições para o Netriders terminam no dia 15 de setembro!

Está é uma ótima oportunidade para que você melhore seu currículo, teste suas habilidades em Redes e TI, e ganhe reconhecimento dentro do mercado de trabalho.

Além disto, os melhores competidores têm a chance de ganhar uma viagem de estudos para o Vale do Silício na Califórnia (Estados Unidos), com todas as despesas pagas!

A competição NetRiders é dividida nas seguintes fases:

·           Inscrições (15 de agosto a 15 de setembro)

·           Primeira Fase – Fase Classificatória (29 de agosto a 17 de setembro)

·           Segunda Fase – Classificatória Nacional (1 de outubro a 8 de outubro)

·           Terceira Fase – Finais Internacionais (25 de outubro)

Prêmios e reconhecimento para os ganhadores:

·       Primeira Fase – os primeiros cinco colocados de cada academia são convocados (com um mínimo de 60% de aproveitamento). O certificado de participação estará disponível para download e os melhores colocados de cada país serão anunciados no site do NetRiders.

·       Segunda fase – os ganhadores nacionais + o aluno com a melhor nota de cada uma das 25 melhores academias de cada região avançarão. Os ganhadores nacionais vão receber um Visa Gift card no valor de 50 dólares e um certificado eletrônico personalizado.

·       Terceira Fase – GRANDE PRÊMIO: os quatro primeiros colocados nas Finais Internacionais ganharão uma viagem de estudos de uma semana para o Vale do Silício, na Califórnia!

Inscrições no endereço :

http://www.academynetriders.com/course/category.php?id=86

Verifique com seu instrutor a chave para a matrícula

Assista o vídeo abaixo para ver o passo a passo do procedimento de inscrição:

Divulgação: Equipe Cisco Networking Academy – Brasil


ccna-online-008-468×60

webinar

Troubleshooting OSPF

A equipe da Cisco Netwoking Academy irá dar continuidade aos Webinars mensais, a próxima palestra será no dia 30/08/2011 às 15:00 (Horário de Brasília).

O tema deste mês será sobre Troubleshooting OSPF

Neste Webinar a Cisco irá apresentar estudos de casos relacionados à roteamento OSPF. Técnicas de análise e de identificação de problemas serão utilizadas de modo a conduzir o administrador de redes à solução para cada um dos casos.
Os problemas serão ilustrados por meio de exemplos práticos.

Conhecimentos desejados (nível de CCNA):

  • OSPF single area
  • Configuração básica de OSPF
  • Tipos de LSA’s

Palestrante:  Alexandre Meslin (NCE/UFRJ)

Os Webinars serão ministrados na língua portuguesa e por profissionais do mercado Brasileiro. Para participar do evento você vai precisar fazer um breve registro na plataforma. Esse registro servirá para você receber a gravação da palestra e poder vê-la novamente. O endereço para registro é :

https://cisco.webex.com/cisco/onstage/g.php?d=200055701&t=a

Participe!

O último Webinar foi em  13 de Julho, com o tema “Introdução a cisco Unified Communication Manager – Telefonia IP”. Se tiver interesse em assistir a gravação desse evento acesse o link abaixo:

https://cisco.webex.com/ciscosales/lsr.php?AT=pb&SP=TC&rID=53048607&rKey=9596bf4bee4883e0&act=pb