Arquivo da tag: Internet

note_comand

Como a Internet funciona?

Hello, Estude CCNA’s.

Sempre bate aquela curiosidade em saber como a internet funciona e a maneira mais fácil de entender é buscando informações aqui, pra isso nós do blog buscamos as informações pra você e em troca você compartilha com seus amigos, família e com todos que você desejar é de graça.
Então aqui vão alguns links com texto e vídeo que vão lhe ajudar a entender o que é a internet e como ela funciona, e o mais legal sem tanto “tecniques”.
Vale a pena conferir, pois pode ser pedido a você uma definição em uma entrevista de emprego, em uma redação, então pense com carinho, sempre é útil conferir mesmo que você já saiba do assunto ok!
Se tiver algum outro link legal sobre o assunto compartilhe conosco nos comentários.

Link favoritos:

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/07/como-internet-chega-na-sua-casa.html
 

Depois dá um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, estamos por todas as mídias sociais… ;)

https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna
Abraços,

Fabiana Claro – EstudeCCNA
27Simulado-150x150

Certificações: Curso on-line ou presencial, estudar sozinho, qual opção escolher?

Olá Estude CCNA’s.

Uma dúvida bem freqüente no mundo das certificações é qual caminho a seguir dentre tantos que nos são oferecidos.

Cursos on-line, cursos gratuitos, cursos em 30 dias, 40 horas, academias, estudo autodidata, cursos presenciais, enfim são inúmeras as opções, porém para cada uma delas temos pontos positivos e negativos a serem desvendados, então vamos lá abrir sua mente e o seu entendimento.

Para cada opção acima as empresas oferecem seus cursos, claro que todos podem optar por qualquer modalidade de curso mais nem todos vão aproveitar 100% do que lhes é oferecido, não existe descriminação na oferta, porém entender o que você está comprando é ideal nesse tempo de crise financeira.

Então vamos lá entender o mundo das certificações e ofertas de cursos no mercado, dividimos por categorias e não nos referimos a respeito de nenhuma escola X ou Y, cabe ao leitor escolher o curso de acordo com o seu perfil e entendimento.

Cursos Presenciais: Geralmente voltados para um publico que necessita de um apoio e auxilio nos estudos, nesse formato o professor estará auxiliando e acompanhando a turma, também é interessante para o profissional ou iniciante realizar network aproveitando que na turma existem vários colegas com o mesmo interesse que o seu. Nesse formato existem escolas que oferecem cursos gratuitos de qualidade assim como escolas que oferecem cursos ruins pagos, a dica do Estude CCNA é pesquisar a opinião de outros alunos, site do Reclame Aqui, e buscar grupos de estudos de ex-alunos para saber a real satisfação deles em relação à escola presencial que você irá frequentar.

Cursos on-line: Existem no mercado inúmeras escolas e o publico chave é aquele que não tem tempo para deslocar-se até o local de aprendizado, além de disciplina nos estudos que é exigido para que o investimento não se transforme em um tormento.  É isso mesmo que você leu, a garantia de sucesso do curso on-line está no curso escolhido e também na sua disciplina em seguir a risca a proposta da escola ou método de aprendizado oferecido. Não adianta comprar mil cursos “on-line” e fazer apenas a aula introdutória.  Existem cursos gratuitos e pagos para certificação e a mesma dica de pesquisa dos cursos presenciais também vale para um curso on-line, pesquise a escola, ex-alunos, Reclame Aqui e faça uma auto-avaliação se você será capaz de cumprir a meta estabelecida pelo curso que você escolheu. Assim como numa escola presencial o tempo que o curso on-line demanda pode ser a garantia do seu sucesso, dedicar tempo ao curso via web é importante para que os resultados sejam refletidos no seu desempenho.

Cursos Rápidos (30 dias/ 40 horas etc) : Esse tipo de curso é oferecido para todo estudante de certificação seja ele iniciante ou que já possua certo conhecimento, porém os alunos que melhor aproveitam esses cursos de curta duração, são novamente;  os disciplinados e os que já possuem algum tipo de conhecimento sobre o assunto abordado, facilitando seu acompanhamento e desenvolvimento. Claro que um aluno que esteja no começo dos estudos poderá identificar-se com uma proposta de curso rápido, porém deve ser levado em consideração o seu próprio tempo de aprendizado versus o da escola que foi escolhida.  Novamente lembramos que seu comprometimento com os estudos deve ser levado em consideração para aproveitar o curso na sua totalidade. Outro fator importante, é que os cursos rápidos podem ser oferecidos no modelo presencial e também on-line, em ambos os casos é provável que você se depare com alunos que conheçam mais do assunto abordado, pois trabalham na área da certificação que irão realizar. Isso pode afetar sua concentração e te inibir, mas não é impedimento para o seu desenvolvimento já que outros colegas podem ser fonte de conhecimento e compartilhamento de dicas para a prova.

Estudo Sozinho (Autodidata) – Nessa modalidade o aluno é responsável pelo seu próprio método de estudos, escolha dos materiais, livros, cursos gratuitos, ferramentas para testar o seu aprendizado, ou seja, tudo o que envolve a prova de certificação a ser realizada ele é o responsável, estudar o que for possível para obter o resultado esperado é a lei. Aqui a palavra chave é responsabilidade nos estudos, ao contrario da disciplina que está fundamentada na organização e hábitos diários, a responsabilidade do sucesso ou fracasso está sobre os ombros do autodidata, pois ele define qual o melhor caminho para chegar ao objetivo final, abrindo mão de finais de semana com a família e amigos. A rotina de estudos é o foco nessa modalidade, visto que deve ser estabelecida uma meta para que o aluno não fique estudando eternamente, ou apenas patine em tópicos que não são relevantes para sua certificação. O aluno que estuda por conta própria e aproveita todo tempo disponível e informação gratuita oferecida para compor seu objetivo final que é certificar-se. Mesmo não havendo um investimento financeiro envolvido o aluno tem que ter um perfil que una responsabilidade, disciplina, estudos diários, metas estabelecidas para finalizar o projeto de realizar uma prova de certificação.

Seja qual for a sua opção de estudos nós do Estude CCNA estamos com você.
Depois dá um pulinho no nosso face…. curti a gente lá, estamos por todas as mídias sociais… ;)
https://www.youtube.com/user/estudeccnavideos
https://www.facebook.com/grupoestudeccna
https://www.facebook.com/groups/EstudeCCNA/
https://twitter.com/estudeccna

Abraços,
Fabiana Claro – EstudeCCNA
IPv6

IP’s acabando?! O que será de Nós!

Bom dia,

Andei vendo algumas coisas sobre IPV6, e achei no site Netfinders um video super legal sobre a falta de IP.

O vídeo está em inglês mas vale a pena para descontrair um pouco.

Abaixo o link do vídeo:

http://netfindersbrasil.blogspot.com.br/2011/01/um-mundo-sem-ips.html

Abraços.

Fabiana Claro

 

 

222

CCNA – Internet Revelada (Internet Revealed)

Olá,

Para quem dificuldades com toda teoria do CCNA em relação a internet, protocolos e o funcionamento da rede, encontrei um vídeo que além de moderno é de linguagem fácil e nos mostra um bom  conteúdo,  para quem está no inicio dos estudos para certificação é uma opção interessante, e porque não quem está estudando assuntos relacionados a tecnologia.

 

 

http://zappiens.br/portal/VisualizarVideo.do?_InstanceIdentifier=0&_EntityIdentifier=cgiE9WjKruzQGmPy-VDyEDDAKPUNxmfYneBOql0VJJOuIg.&idRepositorio=0

At.

Fabiana Claro 

 

[lomadeewpro category=’3482′ keywords=’ccna’]

 

 

 

 

 

 

parceiro

A História da Internet

Pessoal,

Nosso grande parceiro e colaborador do EstudeCCNA Edson Soares, enviou ontem para o grupo um excelente material sobre a história da Internet e o impacto que ela causa na vida das pessoas.  E agora, nós vamos compartilhar com todos que passarem por aqui.

Tenho certeza que vocês vão gostar muito, confira!

 

The History of the Internet

 

Inside the Internet – BBC

Esse pequeno documentário de 15min da BBC nos traz algumas informações controversas com aquelas que estamos cansados de escutar sobre a ARPANet e o início da Internet. Sobre a veracidade disso tudo. Não posso fazer nada, a não ser deixar minha curiosidade mais aguçada :-)
Aproveitando, vocês sabem que os termos “internet” e “Internet” são diferentes?
O termo “internet” refere-se à um coletivo de redes, originado do termo “internetworking”
O termo “Internet”, com o I maiúsculo é o termo que se refere à web ou Internet como estamos habituados.


Documentário da Discovery sobre a Internet

Há algum tempo a Discovery criou um documentário sobre a Internet, logo fiquei curioso e quis assistir, mas na epóca não pude. Acabei me lembrando desse documentário há alguns dias e durante uma busca descobri que o documentário está disponível para exibição no portal da Discovery. Para aqueles que gostam de compreender sobre o funcionamento das redes e dos impactos que as tecnologias de comunicação causam na vida das pessoas, esse documentário possui diversas curiosidades bem interessantes. Fica à dica ;-)

Edson, em nome de todo grupo, obrigada!

Abraços,
Raquel

 

images

Informação vs Conhecimento

Texto de Diego Brito

Me pego refletindo sobre uma questão evolucionária do profissional nos dias de hoje. Vivemos num momento onde a máxima “quem tem a informação tem o poder”  precisa ser questionada.

Hoje, a informação é massificada, imediata e de fácil acesso. Esse excesso de informação sobrecarrega nossa mente e nos causa diversas sensações. Não raramente sentimos que podemos saber qualquer coisa, que não sabemos de nada, que estamos esquecendo de alguma coisa, etc. O escritor José Saramago chamou isso de cegueira branca, ou seja, uma quantidade de informação tão grande que se torna não-informação.

É a Internet com suas redes sociais, os blogs, os jornais, a TV e até mesmo o rádio. Todos esses meios de comunicação nos oprimem de maneira constante, nos pressionam, nos abatem, e quer saber porque? Somos consumidores massivos de qualquer tipo de informação, até mesmo, as mais inúteis que acabam sendo absorvidas “goela abaixo”. Você liga a TV e um volume enorme de informação é transmitida, ao sair na rua diversos letreiros, propagandas e placas ofuscam a visão – todos os lugares estão repletos de informações.

Frente a essa situação, voltando ao início do texto, quem tem a informação tem mesmo o poder? Com o excesso de informação disponível quem se destaca são os profissionais que conseguem produzir conhecimento. Isso mesmo, produzir. Pois o processo do conhecimento, diferentemente do processo de absorção da informação, é pró-ativo. O processo de conhecimento, basicamente, consiste em três estágios: dados > informação > conhecimento. Os dados são apenas fatos sem nenhuma conclusão. A informação é um conjunto de fatos que faz algum sentido. O conhecimento é uma maneira de preparar o indivíduo para resolver problemas complexos sendo difícil de mensurar, por ser algo subjetivo.

Nos dias atuais o mercado busca um profissional que tenha visão macro. Essa visão culmina em ter condições de avaliar o cenário, cujo o qual, o seu trabalho está inserido dentro da empresa. Estamos falando da “Era do Conhecimento“. Este é o profissional que não é refém do Google, mas sim, o torna seu melhor aliado na busca por informações que poderão ser transformadas em conhecimento. As empresas passam a valorizar o profissional que entende como as coisas funcionam para que, desta maneira, elas consigam gerar ofertas de valor para o mercado. Um apertador de parafusos não tem mais espaço no mercado, pois existem máquinas para substituí-lo.

Vivemos numa época onde a informação é gratuita. Onde não mais nos indagamos onde vamos encontrar uma determinada informação, mas sim, como vamos fazer para obter uma informação confiável e a partir dela produzir algum conhecimento sobre determinado assunto. Pois a informação não é mais suficiente. Precisamos produzir conhecimento a partir do bombardeio de conteúdo que recebemos diariamente e o profissional que souber fazer isso, muito bem, será, com certeza, muito valorizado.

Fonte: http://www.diegobrito.com.br